3 etapas para uma organização mais ‘previsível’

ANÚNCIO

A previsão de receita é um processo que as equipes de vendas usam há décadas para ajudar os líderes da empresa a tomar decisões mais informadas sobre o futuro. Então, por que não expandir essa prática para o restante da organização? Ao pedir a todos os funcionários que prevejam seus próprios desempenhos com base em quaisquer metas e indicadores essenciais para suas funções, os CEOs e líderes teriam uma espécie de bola de cristal.

E um ativo tão grande lhes permitiria seguir em frente com confiança, fazer correções de curso estratégicas e reagir com mais agilidade e eficácia quando os problemas surgirem. Aqui estão três etapas que os CEOs podem seguir para organizar o poder preditivo de suas equipes:

ANÚNCIO

1. Comece com metas trimestrais

Antes que os funcionários possam prever seu desempenho, metas devem ser definidas. Esse procedimento começa com um conjunto de metas corporativas desenvolvidas pelo CEO. A equipe de liderança, então, define suas próprias metas de apoio e o procedimento continua descendo a escada organizacional até que os funcionários tenham um pequeno punhado de objetivos que devem cumprir no trimestre.

Essa conhecida estrutura em cascata estabelece alinhamento e foco para todos os funcionários, permitindo que eles saibam não apenas no que devem estar trabalhando, mas também como estão apoiando os objetivos da empresa.

2. Reúna uma visão preditiva dessas metas todas as semanas

O conjunto de metas trimestrais do funcionário é, em essência, a previsão inicial de desempenho. O funcionário diz: “Essas são as metas que acredito poder atingir para contribuir para o sucesso mais amplo da empresa”.

ANÚNCIO

Com essa primeira previsão, é hora da segunda etapa: o funcionário deve atualizar a previsão a cada semana, declarando a probabilidade de atingir a meta no trimestre. Pedir aos funcionários as percepções de qualidade também é importante.

Por exemplo, os membros da equipe de desenvolvimento de software podem acreditar que podem terminar o novo produto no trimestre, mas podem não acreditar que a qualidade está à altura. Essas são informações críticas de que a equipe de liderança precisa imediatamente, não no final do trimestre, quando nada pode ser feito a respeito. Esse efeito de “canário em uma mina de carvão” é extremamente valioso.

The Fundamentals Of Executing Profitable "Outbound" Email Marketing  Campaigns
Foto: (Reprodução/Internet)

É por isso que a cadência semanal de predição é vital, pois a precisão de uma predição pode diminuir rapidamente com base em fatores inesperados. Nenhum plano sobrevive ao primeiro contato com o inimigo, como disse o general prussiano Helmuth von Moltke. Ou, como disse Mike Tyson: “Todo mundo tem um plano até levar um soco na boca”.

Ver também: Como prever a demanda de maneira certa

3. Revise as previsões dos funcionários semanalmente

Os CEOs e as equipes de gerenciamento devem examinar as previsões fornecidas pelos funcionários todas as semanas (de preferência com comentários abertos). Idealmente, eles terão uma plataforma que captura e agrega a probabilidade de meta semanal e as classificações de qualidade. Isso deve permitir que os líderes identifiquem rapidamente as metas que podem estar em risco e, se possível, intervenham para mantê-las no caminho certo.

A implementação de tal sistema requer forte liderança do CEO e uma cultura de confiança estabelecida. Os funcionários devem se sentir confiantes em relatar a cada semana sua probabilidade real de realizar tarefas específicas e a qualidade resultante. E eles devem se sentir confortáveis ​​em reconhecer publicamente quando suas previsões se revelarem erradas.

Expandir a previsão além das vendas para incluir todas as funções da empresa é o futuro. CEOs e líderes que a adotarem terão muito mais sucesso.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Entrepreneur 

ANÚNCIO