4 razões pelas quais ninguém pode escrever seu plano de negócios melhor do que você

ANÚNCIO

Um plano de negócios sólido e bem elaborado é essencial para o sucesso de toda pequena empresa. Você será solicitado a fornecer uma cópia de seu plano de negócios ao se reunir com investidores, solicitar um empréstimo bancário ou estabelecer parcerias com outras empresas em seu setor. A menos que você seja um escritor habilidoso, pode ficar tentado a contratar alguém para criar uma obra-prima literária que possa distribuir com orgulho.

No entanto, escrever seu próprio plano de negócios é a melhor ideia. Embora não haja nada de errado em pedir a um consultor para revisá-lo e fazer sugestões de mudanças, o processo de montar o primeiro rascunho é especialmente benéfico para seu novo negócio. Aqui estão quatro razões pelas quais você não deve pagar um especialista para criar seu plano de negócios.

ANÚNCIO

1. Ninguém conhece o seu negócio como você

Um consultor provavelmente levará horas para expressar adequadamente todos os detalhes do seu negócio. Mesmo assim, você pode descobrir que as descrições não cobrem tudo. Ao tentar o primeiro rascunho sozinho, você terá muito tempo para construí-lo e refiná-lo à medida que aprende mais sobre os desafios que enfrentará.

Quando você cria seu plano de negócios, sua paixão pelo empreendimento fica evidente. É mais provável que esse entusiasmo prenda a atenção de investidores e parceiros do que um plano bem formulado, mas objetivo. Um especialista pode corrigir sua gramática e ortografia, mas primeiro você deve obter a essência do seu plano no papel.

2. Você terá melhor comando quando fizer perguntas

De certa forma, outra pessoa escrevendo seu plano de negócios é semelhante a pagar a alguém para escrever seu trabalho de conclusão de curso quando você estava na escola. Embora não seja considerado “trapaça” como era quando você era estudante, você está menos preparado para responder a perguntas detalhadas sobre o plano em si.

ANÚNCIO

Mesmo que você leia atentamente o plano que outra pessoa criou para o seu negócio, provavelmente perderá pontos importantes que podem surgir em uma reunião.

Assim como as pessoas que treinam outras pessoas retêm as informações que estão ensinando mais, ao se envolver pessoalmente na criação de seu plano de negócios, você terá um conhecimento prático melhor e mais completo sobre ele. Quando você o discutir, os outros não terão dúvidas de que você criou o plano e o mantém 100 por cento.

Successful Entrepreneurs and Top Secrets to Success | Business Headquarters
Foto: (Reprodução/Internet)

3. Você vai pensar ao longo do processo

O processo de criação de um plano de negócios requer que você detalhe seus planos, suas metas e os recursos que você usará para construir seu negócio. Durante o processo, você dará uma olhada em profundidade em sua ideia, descrevendo cada fase de desenvolvimento.

Ao desenvolver seu plano de negócios, há uma pequena chance de você realmente perceber que seu conceito não pode funcionar como você o concebeu. Esperançosamente, se isso acontecer, você será capaz de trabalhar com as coisas que não funcionam e encontrar uma maneira de alcançar seus objetivos de qualquer maneira. Mas mesmo que não consiga, você economizará muito tempo e dinheiro ao fazer essas descobertas desde o início.

4. Pessoas de fora podem revelar segredos

Seu plano de negócios detalhará todos os aspectos de suas operações. Você realmente deseja passar todas essas informações para terceiros? Tem certeza de que pode encontrar um provedor em que possa confiar totalmente? Você pode exigir que os empreiteiros assinem um acordo de não divulgação, mas isso ainda não é garantia de que sua ideia não vazará de alguma forma.

Além desses riscos, você também será responsável por trabalhar com um contratante. Isso significa definir claramente os resultados finais e garantir que o seu contratante cumpra os prazos e permaneça dentro do orçamento. Esteja preparado para enfrentar esses desafios antes de contratar um especialista para ajudar.

Ver também: Trabalhar em casa é ruim para a sua carreira? 

Mesmo se você preferir trabalhar com um especialista, considere colocar você mesmo no trabalho de primeiro esboço. Você pode pedir a um consultor de negócios para aconselhá-lo sobre a melhor abordagem para seu plano de negócios específico ou solicitar que um consultor o edite depois, mas o trabalho por trás do primeiro rascunho deve ser seu e somente seu.

Isso proporcionará uma abordagem prática ao seu plano de negócios que ajudará você e sua empresa a longo prazo.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Entrepreneur 

ANÚNCIO