6 dicas de como usar mídias sociais para contratar em sua pequena empresa

ANÚNCIO

A mídia social é útil para mais do que se reconectar com um namorado do colégio ou compartilhar memes políticos. Também é uma maneira eficaz de contratar candidatos, especialmente em um mercado de trabalho apertado.

Considere o seguinte: de acordo com uma pesquisa de 2018 do CareerBuilder, 70% das empresas usam as mídias sociais como ferramenta no processo de contratação. E não se trata apenas de garantir que os candidatos tenham uma presença online limpa. Também está se tornando uma ferramenta preferida para recrutadores e gerentes de contratação para encontrar os candidatos mais qualificados e de alto calibre possíveis

ANÚNCIO

Com bilhões de pessoas nas mídias sociais, fazer logon para encontrar candidatos pode parecer opressor para proprietários de pequenas empresas. Afinal, eles costumam ter várias funções e têm pouco tempo para navegar na Internet e encontrar candidatos a empregos. A boa notícia é que você pode fazer isso sem muito esforço. Siga estas seis dicas para aprender como. Como usar a mídia social para encontrar os melhores candidatos

1. Tenha uma forte presença online

Em um mercado de trabalho apertado, encontrar candidatos adequados é metade da batalha. Trazê-los a bordo vence a guerra. Nesta era digital, os candidatos farão tantas pesquisas sobre sua pequena empresa quanto você sobre elas. Portanto, é essencial ter uma forte presença online.

A forma como você retrata sua marca online pode ter um grande impacto em seus esforços de recrutamento. Seu site, páginas de mídia social, publicações de empregos e blog devem estar todos conectados. Ele oferece aos candidatos a emprego vários caminhos diferentes para verificar o seu negócio.

ANÚNCIO

Também é importante permanecer relevante. Isso significa postar em seu blog regularmente, manter contato com clientes existentes e potenciais nas redes sociais e monitorar sua reputação na Internet. A última coisa que você quer é um comentário negativo postado em seu site ou contas de mídia social que não obtenha uma resposta de sua empresa. As empresas vivem e morrem pelas opiniões da comunidade da Internet. É vital manter-se atualizado sobre sua presença online.

2. Conheça suas plataformas de mídia social

Quando se trata de usar a mídia social para encontrar candidatos a empregos, pode ser uma ferramenta fantástica ou uma completa perda de tempo. O segredo é saber qual plataforma é a certa para suas necessidades. Facebook, Twitter e LinkedIn podem ser as primeiras empresas de mídia social que vêm à mente, mas outras também podem ser um terreno fértil para recrutamento.

Para encontrar os melhores candidatos para o emprego, você precisa ir aonde está seu público-alvo. Por exemplo, se você é uma pequena empresa procurando um contador, provavelmente terá uma chance melhor de encontrar um no LinkedIn do que no Snapchat. Por outro lado, se você é uma startup jovem com um produto legal, os usuários do Snapchat e do Instagram podem ser seu mercado-alvo.

Além disso, aproveite a força de cada plataforma. O Twitter pode ser mais adequado para educar os candidatos a emprego sobre a marca. Você pode usar o Facebook para destacar as pessoas por trás da empresa. E o LinkedIn é uma ótima plataforma para compartilhar notícias da empresa. Ao segmentar seus esforços de recrutamento, você expandirá sua rede e evitará qualquer sobreposição.

Leia Também: A importância do site e perfis sociais da empresa na internet

Para alguns proprietários de pequenas empresas, uma curva de aprendizado surge com o uso de plataformas de mídia social desconhecidas. Familiarize-se com cada plataforma e práticas recomendadas de mídia social antes de começar a recrutar pessoas por meio delas.

How the Middle East uses Social Media: 19 standout stats from 2019 | by  Damian Radcliffe | Damian Radcliffe | Medium
Foto: (Reprodução/Internet)

3. Publique suas vagas de emprego

A velha maneira de procurar candidatos a empregos era postar sua lista em painéis de empregos internos e externos ou contratar recrutadores para fazer o lance por você.

A nova forma é espalhar a palavra sobre a vaga de emprego nas redes sociais, seja LinkedIn, Twitter ou Facebook. Uma postagem rápida, tweet ou mesmo uma imagem no Instagram pode colocá-lo na frente de mais candidatos. Ao acessar os canais de mídia social, você pode encontrar candidatos mais qualificados e, ao mesmo tempo, economizar no custo de veiculação de anúncios de emprego.

4. Seja específico em sua lista de empregos

Como proprietário de uma pequena empresa, você entende que tempo é dinheiro. A última coisa que você deseja fazer são chamadas de campo e e-mails de candidatos a empregos que são sub ou super qualificados. Seja o mais detalhado possível em sua lista de empregos online para evitar perda de tempo.

Isso significa especificar todas as habilidades, requisitos e formação profissional necessários para a posição aberta. Descreva como você espera que o funcionário trabalhe, seja remotamente ou no escritório, e o horário. A programação é flexível ou é um ambiente de trabalho rígido? Inclua todos esses detalhes no anúncio.

Se você não quiser revelar sua mão no que diz respeito ao salário, pode fornecer um intervalo. A ideia é eliminar o máximo de candidatos possível apenas com a lista de empregos. Quanto mais específico você for, mais rápido encontrará alguém que se encaixa perfeitamente no cargo.

5. Almeje os melhores candidatos

Assim como os candidatos a emprego procuram novas oportunidades online, você pode usar a mídia social para direcionar os candidatos procurados. A mídia social está repleta de informações que você pode usar para criar uma lista de pessoas que gostaria de ingressar em sua empresa.

Você pode encontrar candidatos por meio de postagens de blog no LinkedIn, tweets interessantes no Twitter ou em grupos no Facebook. Por meio de suas reflexões nas mídias sociais, você será capaz de ter uma ideia da pessoa e se ela será ou não adequada para sua organização.

A pré-seleção pode reduzir o tempo e o dinheiro que você gastaria ao trazer os candidatos errados para as entrevistas. Depois de ter uma lista dos principais candidatos, você pode entrar em contato com eles nas plataformas de mídia social de sua preferência.

6. Alistar funcionários atuais para recrutar novos

Uma lista de empregos por si só não atrairá tanta atenção quanto um anúncio digital dinâmico que inclui mais do que apenas a descrição do trabalho. Em um mercado de trabalho apertado, as pessoas são mais seletivas quanto ao local de trabalho. Eles querem um ambiente colaborativo onde as pessoas sejam tão importantes quanto o trabalho.

Para mostrar seus pontos fortes e força de trabalho, peça aos funcionários atuais que compartilhem suas experiências de trabalho em sua empresa. Os vídeos exibidos ao lado da lista de empregos tornam a postagem pessoal. Isso pode ser muito mais poderoso do que cobrir todas as principais placas de empregos online com anúncios.

Pensamentos finais

A mídia social se tornou uma parte diária da vida da maioria das pessoas, e isso inclui aqueles que procuram emprego. A mídia social pode não ser seu método preferido de comunicação ou entretenimento, mas como proprietário de uma pequena empresa, você não pode ignorá-la.

Hoje em dia, a maioria dos candidatos a empregos começa sua jornada online. Para pequenas empresas, a mídia social oferece uma oportunidade valiosa. O recrutamento nas redes sociais não economiza apenas dinheiro. Também ajuda a alcançar mais candidatos e eliminar os ruins com apenas alguns cliques do mouse.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Under30ceo

ANÚNCIO