Como evitar o esgotamento como empreendedor

ANÚNCIO

Todos nós já nos sentimos esgotados em um ponto ou outro – aquela sensação de fadiga total, tanto mental quanto física, que vem de trabalharmos muito. Logo estaremos experimentando sintomas como depressão e exaustão, nos sentindo cínicos e à deriva. É irônico que, no ponto de esgotamento, quanto mais trabalhamos em algo, mais desligados nos sentimos.

O esgotamento pode acontecer a qualquer pessoa a qualquer momento, mas é especialmente comum para empreendedores: uma pesquisa com fundadores descobriu que cerca de metade trabalhava mais de 50 horas por semana (alguns até 80 horas) e pouco mais de 40% relataram se sentir estressado todos os dias.

ANÚNCIO

E em meio à pandemia de COVID-19, esses números só estão aumentando: quase metade dos funcionários dos EUA relatam se sentir esgotados e um em cada quatro disse que está se sentindo exausto devido à pandemia.

Faz sentido que começar um novo negócio geralmente leve ao esgotamento. Os empreendedores muitas vezes sentem que nunca podem parar de trabalhar porque não trabalhar significa que não estão fazendo o suficiente para lançar e expandir seus negócios. De que outra forma eles podem cobrir os custos iniciais?

No entanto, está claro que trabalhar muito por muito tempo pode realmente prejudicar sua empresa no longo prazo.

ANÚNCIO

Aqui estão oito ideias para evitar o esgotamento ao iniciar um novo negócio

Delegar e dividir responsabilidades

Ao iniciar uma nova empresa, pode ser tentador estar intimamente envolvido em todos os aspectos do negócio. Se voce quer algo bem feito, faca voce mesmo. Certo?

Errado! O estágio inicial é, na verdade, o momento perfeito para abrir mão da responsabilidade e delegar. Se você for um único proprietário, isso pode significar passar a contabilidade para um contador ou contratar um assistente virtual para a tarefa.

Se você tem funcionários, ajude a prevenir o esgotamento em todas as partes atribuindo responsabilidades. Um estudo recente mostrou que a satisfação no trabalho aumentou à medida que os funcionários ganharam controle e autonomia em seus cargos.

Não microgerencie – em vez disso, capacite e veja como é bom tirar as tarefas do seu prato.

Defina expectativas claras

Descreva claramente o que você espera de sua equipe e, se ocasionalmente tarde da noite, madrugada ou fim de semana curto for esperado, informe-os com antecedência. Além disso, estabeleça metas e expectativas claras para você.

O pensamento de que você vai “trabalhar o máximo que puder, enquanto você puder” é uma boa maneira de acelerar o esgotamento. Ao definir uma barreira para limpar durante a semana ou mês, você evita trabalhar demais apenas pelo trabalho.

Dê às pessoas (incluindo você) um tempo livre

Aqui está a dica mais óbvia de todas: faça pausas. As pausas tornam o tempo que você passa trabalhando mais produtivo e significativo. É importante fazer pausas ao longo do dia para se movimentar e se refrescar – apenas uma caminhada de cinco minutos pode melhorar sua saúde mental e aumentar a criatividade.

Você também deve encontrar tempo para agendar férias longe do escritório, sem aparelhos eletrônicos. Férias curtas podem ser tão eficazes para restaurar o bem-estar quanto as férias longas, portanto, considere tirar férias mais curtas e frequentes do que as ocasionais mais longas. Seu trabalho vai agradecer por isso.

Dedique-se a uma “semana de reflexão”

Como já estabelecemos, o tempo livre é crucial para recarregar as baterias e estimular a criatividade. Dê um passo adiante e planeje uma “Semana de Pensar” em seu calendário. Bill Gates se tornou famoso por tirar essas férias de uma semana do trabalho, cortando a comunicação de sua equipe, família e amigos, até mesmo da civilização.

DHEA | Testosterone Wisdom
Foto: (Reprodução/Internet)

Ao desligar-se e desconectar-se completamente, Gates traçou o curso para o sucesso da Microsoft e o fez sem enviar uma única mensagem de texto ou e-mail para sua equipe.

Crie oportunidades de crescimento

Encontrar novas maneiras de você ou seus funcionários crescerem e aprenderem pode quebrar a monotonia de seus dias e transformar o trabalho em diversão. Quando se trata de minimizar o esgotamento de sua equipe, ajudá-los a compreender o caminho em direção a funções maiores e melhores também beneficiará você.

Ninguém quer se sentir como se estivesse trabalhando em um beco sem saída, e um roteiro para o sucesso ajudará seus funcionários a superar a estagnação de sua função atual.

Respeite a vida pessoal das pessoas

A frase “equilíbrio entre vida profissional e pessoal” se tornou uma palavra da moda nos últimos anos, à medida que a linha entre estar ligado e desligado se torna cada vez menor, tudo graças aos smartphones. Muito simplesmente, a melhor maneira de evitar o esgotamento das pessoas é dar-lhes uma vida fora do trabalho.

Existem algumas maneiras de fazer isso: instituir uma programação flexível para que sua equipe possa estar atenta com base em quando e como o trabalho é feito; encorajar as pessoas a tirar suas férias remuneradas; ou crie uma política de proibição de e-mails ou comunicações profissionais após um determinado horário todas as noites.

Desenvolva e confie na sua rede

Quer você seja um solopreneur ou liderando uma equipe, ainda precisará de alguém com quem possa trocar ideias e divulgá-las fora de sua organização. Encontre um mentor ou colega em seu setor por meio de eventos de networking virtual ou fóruns on-line em quem você possa se apoiar quando decisões difíceis ou momentos difíceis o sobrecarregarem.

Veja também: Quais são as características que o tornam resiliente 

Encontre sua saída

Todos nós temos um hobby, atividade ou rotina que nos traz felicidade sempre que os praticamos. Como empreendedores, muitas vezes deixamos nossos pontos de venda caírem no esquecimento quando mais precisamos deles.

Mesmo quando parecer impossível, reserve um tempo para usar sua válvula de escape todos os dias, seja para correr, meditar, escrever contos ou se voluntariar para uma boa causa. Se você se der tempo para usar sua válvula de escape com eficácia, quase sempre voltará ao trabalho focado e pronto para começar.

Principais conclusões

O esgotamento, como muitos problemas relacionados à saúde mental, nem sempre é um culpado óbvio de por que você está se sentindo abatido e desinteressado. O primeiro passo para vencer o burnout é reconhecer seus efeitos. Depois de reconhecer que está sofrendo com isso, você pode seguir algumas das etapas acima para resolver o problema e voltar à sua startup com a cabeça no lugar, melhor do que nunca.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Startupnation

ANÚNCIO