Como trabalhar em casa envelopando carta, mala direta e conseguir uma renda extra

Seja envelopando e etiquetando mala direta ou qualquer outro serviço, trabalhar em casa é, até hoje, uma das atividades mais sonhadas e desejadas pela maioria da população.

Ganhar dinheiro, conseguir garantir seu sustento, manter uma vida confortável e ao mesmo tempo não precisar sair do aconchego do seu lar naqueles dias frios de inverno ou em um calor infernal, fazer seu próprio horário, ter a autonomia para passar o dia todo de pijama, usufruir de tudo o que sua casa pode oferecer, mas ainda assim realizar uma atividade útil e remunerada parece algo saído de um conto de fadas para muitas pessoas, mas não é.

As atividades home office têm sido cada vez mais procuradas por milhares de brasileiros que procuram uma renda extra ou que simplesmente nunca se encaixaram nos horários e padrões comerciais, encontrando nesse segmento uma solução para seus problemas.

Envelopar mala direta funciona? É seguro?

envelopando e etiquetando

O ato de trabalhar na própria casa exige muito, mesmo que à primeira vista não pareça. Exige dedicação, concentração (afinal de contas, as distrações são muitas) e principalmente disciplina.

Estabelecer horários, estipular algumas regras e, o mais importante de tudo, conseguir cumprir com os dois itens citados acima são a única forma de obter sucesso quando se opta pelo trabalho em casa.

Veja também:

[Comprovado] 04 dicas simples que poderão aumentar em 10x vezes seus ganhos

Empresário volta no tempo e Revela Como começar um negócio Bilionário do Zero

Um presente de R$100 em áudio livros do Ricardo Bellino

 

Como funciona trabalhar envelopando cartas e etiquetando mala direta

Atualmente temos diversas opções de trabalho para quem deseja adentrar nessa rotina, e uma das mais procuradas é a de envelopador de mala direta.

A mala direta consiste basicamente no envio de propagandas pelo correio, como cartas, folhetos e brindes, que são enviados a um determinado público e tem por objetivo ressaltar o marketing da empresa que utiliza esse tipo de serviço, que abrange um grande número de pessoas.

Hoje em dia existem inúmeras empresas que tem como foco o recrutamento de pessoas para auxiliar no processo de envio de mala direta.

Essas instituições procuram principalmente por pessoas que desejam uma renda extra, além do salário que recebem de seus empregadores, ou aqueles que estão desempregados e necessitam de uma solução rápida para isso.

O serviço equivale fundamentalmente em envelopar, etiquetar, colar e mandar cartas pelo correio e pela internet. São fornecidas pela empresa que contrata o serviço etiquetas prontas para o envio das correspondências e material de divulgação online.

Os ganhos são calculados de acordo com a produção do funcionário, então por não existir salário fixo, é o profissional que determina seu lucro de acordo com a sua demanda de trabalho.

A atividade pode ser realizada em tempo integral ou parcial, dependendo da disponibilidade do contratado. Não se trata de vendas e sim de envio de materiais, o que facilita a atividade e permite que mesmo aqueles não se familiarizam com o público possam trabalhar com essa função.

De uma maneira geral, os lucros iniciais variam entre R$ 800,00 e R$ 1200,00 de acordo com o valor estipulado pela empresa e a assiduidade de envios.

 

Como trabalhar em casa envelopando mala direta e cartas

Diversas instituições hoje atuam com a oferta de trabalhos com mala direta, como por exemplo neste link, mas cuidado! Esteja atento a reclamações cadastradas no site como por exemplo do Reclame Aqui antes de fazer qualquer negócio. Esteja certo que trabalhar envelopando mala direta funciona, é confiável, é seguro e grátis.

O contato é feito sempre através do site da empresa, local onde disponibilizam também maiores explicações sobre a atividade a ser desempenhada.

 

[Vídeo] Dá para trabalhar em casa com o serviço de mala de direta ou qualquer outro serviço autônomo e ser bem remunerado?

https://youtu.be/M5GA_3OxmjQ

Participe! Deixe abaixo seu comentário:

       

Deixe um comentário

*