Falência – Como lidar melhor com o fim do seu negócio

ANÚNCIO

De acordo com o IBGE, 21% das empresas acabam falindo e fechando depois de apenas 1 ano em atividade. Ou seja, no Brasil existem muitos negócios começando, mas ao mesmo tempo outros estão fechando.

Entende-se que isso acontece por ser muito complexo abrir o próprio empreendimento hoje me dia. Além de precisar investir uma quantidade de dinheiro, consideravelmente grande, também será necessário ter muito conhecimento na área para ter um diferencial.

ANÚNCIO

Por mais que a falência seja algo que pode trazer frustrações ainda existem algumas coisas que podem ser aprendidas neste momento. Saber lidar com uma falha pode ser essencial para continuar caminhando e tentar chegar em lugares mais altos.

Falência - Como lidar melhor com o fim do seu negócio
Fonte: (Reprodução/internet)

Continue por aqui e veja como lidar melhor com o fim do seu negócio.

Como lidar melhor com o fim do seu negócio

A primeira coisa que se deve fazer para conseguir lidar da melhor maneira com o fim de um negócio é tentar enxergar o momento da falência com outros olhos. É muito comum que as pessoas quebrem em seus primeiros empreendimentos.

ANÚNCIO

Isso pode acontecer por falta de conhecimento na área, grande concorrência, entre outros fatores. No entanto, sempre é possível ganhar algo no momento do fracasso, seja ele pequeno ou grande.

É por isso que a primeira dica será voltada para tentar identificar todos os ganhos que a falência pode trazer, mesmo que isso pareça algo muito distante. Vale lembrar também que grandes empreendedores de sucesso tiveram momentos de fracasso em suas carreiras.

3 lições que o fracasso pode oferecer

Ok, já ficou claro que o fracasso pode ensinar algumas coisas para o empreendedor, mas o que especificamente? Pensando nisso acompanhe agora 3 lições super importantes que a falência pode proporcionar.

1- Alguns erros não se repetirão mais

É muito importante saber reconhecer onde foi que a pessoa errou para que ela não vá pelo mesmo caminho da próxima vez. Então, essa é a primeira lição que o fracasso pode trazer, pois identificar o erro pode fazer com que ele fique menor caso apareça em outro negócio.

O professor Frederico Vidigal, que ensina sobre estratégia empresarial no IBMEC de Minas Gerais, deu uma entrevista para o site Exame e por lá ele falou um pouco sobre esses erros que os empreendedores cometem.

“Cair faz parte de uma carreira de sucesso como empreendedor – nenhum dono de negócio tem 100% de acerto. Agora, é a hora de rever os erros que você cometeu. Assim, você se levantará ainda mais forte.”, comentou o professor.

2- A visão em relação ao negócio irá mudar

Além de conseguir identificar os erros, a pessoa começa a ter uma visão diferente do próprio negócio. É muito comum que o primeiro empreendimento seja visto como um “filho”, algo mais romantizado por ser uma coisa que a pessoa está construindo.

O problema de tudo isso é que alguns problemas acabam passando despercebidos. Então, na hora de fazer um planejamento real, talvez, essa visão romântica pode atrapalhar um pouco, pois é preciso ser muito honesto e realista.

Vale lembrar que os clientes estão a cada dia mais exigentes, então o cuidado precisa estar redobrado para conseguir alcançar um bom público e talvez isso só acontece depois que a pessoa acaba fracassando e é impactado pela realidade.

3- O público começa a ser mais importante

Essa lição complementa a anterior, pois outra coisa que algumas pessoas erram é não estudar a fundo qual é o seu público. É muito comum existir empreendedores que pensam “o meu produto é bom, então irei vender bem”.

No entanto, não fazem uma pesquisa para saber se aquele produto será bom para o público que ele vai apresentar, ou apenas para ele mesmo. Então esse é outro ponto que a realidade de um fracasso pode trazer como evidência.

Mais informações

Se você já passou ou está passando pela fase da falência, é importante analisar de maneira mais detalhada alguns pontos negativos para que eles possam ser corrigidos em um empreendimento próximo. Pensando nessa questão, nós separamos aqui um vídeo em que são apontados os 5 erros mais comuns que afetam as pequenas empresas, vale a pena conferir.

 

Existem alguns erros que mesmo com a falência o empreendedor não consegue identificar. Pensando nisso o vídeo acima pode ser útil para sempre estar atento a esses problemas. Vale lembrar que o conhecimento sempre será a base de tudo, então, nunca é demais aprender com quem já errou.

ANÚNCIO