Como ganhar dinheiro revendendo bijuterias?

O mercado da moda cresce mês a mês no Brasil. Saiba como isso pode te ajudar a faturar uma graninha com bijuterias para revenda.

Você deve estar cansada de ouvir a televisão, os jornais e a internet falarem sobre a crise econômica e a retração das vendas no varejo. Porém, apesar disso, o setor da moda no Brasil parece estar seguindo em outra direção. Tanto é que, na última década, o faturamento desse mercado no país aumentou quatro vezes, chegando aos 140 bilhões de reais nas vendas de roupas, calçados, bolsas e acessórios nos últimos anos.

A explicação para esse fato, que parece contraditório diante da crise, é que as compras de artigos de moda são uma prioridade para os brasileiros. De acordo com o IBGE, a cada degrau da escada social, os gastos com esses produtos são dobrados. Por exemplo: as classes D e E gastam em média 40 reais mensais com esses produtos, enquanto a classe C gasta 97 reais, a classe B gasta 202 reais e a classe A gasta 455 reais mensais. Quando uma pessoa muda de status nas classes sociais, seus gastos em relação à moda acompanham essa progressão.

Essa tendência mostra que investir no setor de medo ainda é uma boa ideia diante da crise econômica – e as bijuterias são uma aposta ainda mais certeira para quem está buscando aumentar a renda, especialmente as bijuterias online. Vamos entender os motivos.

A moda na internet e o mercado de moda feminina

moda feminina e bijus

Enquanto as lojas físicas apresentam quedas nas vendas, as lojas virtuais estão faturando cada vez mais. Isso acontece pela facilidade oferecida ao consumidor, que tem acesso a milhares de lojas e produtos sem sair de casa, e à prática de melhores preços, que são mais atraentes para os compradores.

O mercado de moda feminina e acessórios está entre os setores que mais se destacam nas vendas pela internet, correspondendo a quase 20% das vendas. Esse mercado fica em segundo lugar, atrás apenas dos celulares e smartphones, responsável por 26% das vendas.

Entre os produtos preferidos desse mercado, estão as peças de roupa, calçados, bolsas e bijuterias, produtos que são objeto de desejo das mulheres. Esse setor do varejo conta ainda com a vantagem da renovação da moda, pois as tendências que se modificam a cada estação fazem com que as consumidoras queiram renovar também o seu guarda-roupa.

Veja também:

 

Bijuterias para revenda: uma oportunidade de negócio

Você deve conhecer muitos casos de mulheres empreendedoras. E não é à toa: o número de mulheres que está à frente dos negócios realmente cresceu muito nos últimos anos, e isso foi facilitado pela internet.

As lojas de bijuteria online estão fazendo sucesso entre as empreendedoras por oferecem uma série de vantagens, como dispensar a necessidade de uma grande estrutura física, como sala, vitrines e mostruário, substituindo tudo isso pelo estoque que, muitas vezes, fica na casa da vendedora. Com isso, são reduzidos os gastos com aluguel e manutenção de um imóvel comercial, representando uma economia que você poderá transmitir nos preços praticados aos clientes.

 

Como começar a vender bijuterias? O Facebook te ajuda

Caso você opte pela venda de bijuterias online, você vai precisar de uma plataforma de vendas, ou seja, o site onde você vai expor seus produtos e realizar as vendas. Hoje em dia, essa tarefa é muito facilitada pelo Facebook com a seção Loja, onde os produtos podem ser exibidos e vendidos aos clientes – e sem taxas para você.

O Facebook também deve ser explorado como seu principal meio de divulgação dos produtos. Afinal, de nada adianta entregar um panfleto na rua com o endereço de um site, não é mesmo? Se a propaganda estiver direto no Facebook, bastará um clique do cliente para que ele esteja dentro da sua loja.

 

Como adquirir bijuterias para revenda

bijuterias e acessórios para revenda

Mas você deve estar se perguntando: e o que é que eu vou expor na minha loja? Claro que isso vai depender do seu faro para os negócios e do conhecimento que você tem sobre as preferências do seu público-alvo, mas temos uma dica de ouro para esse caso. Para quem quer economizar na hora de adquirir as bijuterias para revenda, o truque é recorrer às bijuterias no atacado, que têm um custo reduzido e permitem que você amplie sua margem de lucro sem extrapolar o valor que seus clientes aceitam pagar.

Ou seja, você vai precisar de um fornecedor confiável, com preços bons para o seu negócio e que ofereça um leque grande de produtos, de forma que você possa encontrar as bijuterias para revenda que tenham o estilo dos seus clientes.

A Chérie Bijoux https://www.cheriebijoux.com.br/, por exemplo, é uma loja de bijuterias no atacado que fornece brincos, colares, pulseiras, anéis, tornozeleiras, acessórios para cabelo e outras peças com preços atrativos para quem está pensando em investir nesse mercado. É importante observar se seu fornecedor oferece algum desconto para a compra de grandes quantidades de bijuterias online e desconto no frete dessas peças.

Por fim, você vai precisar ter um bom sistema de entrega dos seus produtos. No começo, quando você ainda tiver um volume pequeno de vendas, será possível fazer as entregas pelo correio. Porém, conforme seu negócio for crescendo, pode ser interessante fazer parcerias com transportadoras de confiança para garantir que seu cliente vai receber as peças.

Comece dentro das suas possibilidades financeiras, dando um passo de cada vez e não desista! O comércio de bijuterias tem se mostrado uma alternativa muito interessante para quem quer fugir da crise.

https://youtu.be/hR7m72dLje4

Participe! Deixe abaixo seu comentário:

       

Deixe um comentário

*