Saúde e Estética

Hidrolipo | Como funciona, quanto custa, fotos e vídeos (Melhor Preço)

A lipoaspiração é uma das melhores soluções para a gordura acumulada.

No entanto, nem todas as pessoas recorrem ao procedimento, devido ao esforço gasto, principalmente no pós-operatório.

Por causa disso, a procura por hidrolipo tem aumentado constantemente.

Esse tipo de cirurgia plástica também é ideal para o emagrecimento imediato. O processo todo é simples e rápido, sem exigir internação hospitalar.

Além disso, a recuperação é acelerada. Continue lendo para tirar suas dúvidas.

Como é feita a hidrolipo? A hidrolipo é ideal para remodelar do corpo, pois o tratamento é localizado.

O procedimento é feito por regiões, portanto o paciente pode acompanhar todo o processo.

A técnica utilizada é a mesma da lipoaspiração, com a diferença de que a anestesia é local, então os acúmulos de gordura são retirados sem sedação.

Depois de aplicar a anestesia, o médico utiliza soro fisiológico para que as células de gordura aumentem de tamanho.

Em seguida, um ultrassom é feito na região com o objetivo de romper essas células de gordura com ondas.

Isso faz com que elas entrem em estado líquido, sendo possível retirar toda a gordura com cânulas, cuja espessura tem, em média, 2 a 3 mm.

Uma excelente vantagem é que o médico pode realizar o procedimento na sua clínica, levando mais ou menos uma hora para terminá-lo.

Como é um método seguro, ele pode ser feito por qualquer profissional que possua uma formação mínima em cirurgia geral e respeite o volume anestésico ideal para cada paciente.

O pós-operatório da hidrolipo

hidrolipo não aspirativa funciona

Por tratar de uma região pequena, o desconforto no pós-operatório é muito menor que no processo de lipoaspiração.

É recomendado ao paciente que ele utilize cintas pós-operatórias por, no mínimo, 3 semanas, e que realize sessões de drenagem linfática durante, pelo menos, uma semana, iniciando no 4º dia após a operação. Isso eliminará as gorduras podem ter ficado retidas nas células.

Nos primeiros dias o inchaço é maior, o que poderá diminuir rapidamente com a drenagem linfática.

Durante, aproximadamente, 21 dias a região ainda apresentará equimoses (manchas roxas) e edemas (inchaços).

Apesar disso, o paciente poderá fazer suas tarefas cotidianas normalmente logo após a hidrolipo.

Como precaução, é recomendado que ele fique em repouso por um dia ao menos. A recuperação dependerá do paciente, pois entra em questão o fisiológico de cada um e os cuidados pós-operatórios.

Normalmente o resultado final é percebido em 3 meses após a operação.

Para quem é indicada a hidrolipo

A cirurgia plástica de hidrolipo é ideal para quem possui a pele firme e elástica e deseja retirar pequenas gorduras localizadas.

Aquelas pessoas que já tentaram emagrecer com exercícios e dietas, mas não conseguiram, terão ótimos resultados com o processo.

Possíveis complicações

Como cada corpo reage de uma maneira diferente, então algumas pessoas apresentam problemas de maior ou menor grau.

Embora a grande maioria consiga atingir o resultado ideal, há casos em que o paciente desenvolveu irregularidades na pele, flacidez na região lipoaspirada (normalmente pacientes que já possuem a pele flácida) e necrose na pele (devido a deficiência circulatória, o que é comum em fumantes).

Outros problemas mais raros são a perfuração nas vísceras e embolia pulmonar gordurosa. Lembramos que essas complicações independem do cuidado e da técnica do médico.

Vídeo |A hidrolipo funciona mesmo?

Vídeo | Como funciona a hidrolipo magras?

Leia também: