Migrar além do Facebook. Cause um grande impacto em sites de nicho menores.

A mídia social não é mais apenas um complemento opcional para as empresas: é um requisito para se manter competitivo. Os clientes de hoje estão hiperconectados a seus dispositivos e redes, usando-os não apenas para socializar, mas também para receber recomendações e informações de que precisam para fazer compras.

De acordo com o Facebook, mais de 1,2 bilhão de pessoas usam sua plataforma e mais de 30 milhões de empresas têm páginas ativas. O Twitter também está crescendo rapidamente como plataforma promocional, com mais de 4,5 milhões de pequenas empresas inscritas, de acordo com um artigo do Wall Street Journal no outono passado.

Tem 271 milhões de usuários ativos por mês e 500 Tweets enviados a cada dia. Então, com o Facebook e o Twitter comandando tanto tráfego, faz sentido concentrar seu tempo e energia nesses sites?

Bem, sim e não. Definitivamente, não estou sugerindo que você negligencie esses gigantes da mídia social. Mas, como acontece com qualquer investimento, faz sentido diversificar. Você não quer colocar todos os ovos de marketing em uma cesta altamente fragmentada.

Se você tem um mercado-alvo muito específico (músicos, médicos ou até diretores de filmes zumbis, digamos), sua empresa pode ter um impacto significativamente maior em uma rede social de nicho. Embora o grupo geral de usuários seja menor, ele pode conter uma proporção maior de pessoas que podem estar interessadas em seu produto ou serviço.

Você pode adaptar seu conteúdo de forma mais eficaz às necessidades, interesses e experiências exclusivas.

Além disso, o Facebook e o Twitter já estão saturados de postagens e anúncios de empresas semelhantes à sua, o que significa que o público pode já estar um pouco cansado de postagens desse setor, se não ignorá-las por completo.

Em uma plataforma menor e menos conhecida, sua atividade de mídia social pode ressoar com um grupo de usuários mais receptivo e talvez menos cínico. Aqui estão alguns sites que vale a pena explorar:

CafeMom

Quer alcançar mais de um milhão de mães? CafeMom é o lugar. Bastam alguns usuários engajados e você poderá ver seu produto ou serviço em “blogs de mamães” de grande tráfego em todo o mundo.

Migrar além do Facebook. Cause um grande impacto em sites de nicho menores.
Foto: (Reprodução/Internet)

Goodreads

Projetado para amantes de livros, este site de mídia social de nicho atende a mais de 25 milhões de bibliófilos. Os usuários podem bater papo em fóruns no Goodreads sobre livros, autores, personagens, tramas e qualquer coisa relacionada à leitura. O site também oferece questionários e clubes do livro.

Ello

Este site tem recebido muita imprensa recentemente, já que muitos usuários do Facebook migraram para o Ello menor e mais simples em protesto contra a aplicação do Facebook de sua exigência de nome real. Ello difere do Facebook porque permite a postagem anônima e oferece um ambiente sem anúncios.

Kaboodle

Semelhante ao Pinterest, o Kaboodle apresenta imagens apresentadas pelos usuários. Mas este site é focado em compras e permite aos usuários criar painéis de estilo para seus looks favoritos. Uma startup de moda ou empresa relacionada pode atingir os mais de 5 milhões de visitantes mensais.

Quora

Os consumidores postam perguntas no Quora sobre uma vasta gama de tópicos, de conserto de automóveis a testamentos. Encontre as consultas relacionadas ao seu setor ou especialidade e posicione-se como um especialista na área. É uma maneira fácil e gratuita de construir uma base de fãs e seguidores.

Care2

Os usuários do site podem levar um “estilo de vida saudável e sustentável” e “apoiar causas socialmente responsáveis”, de acordo com a descrição da Care2.

Pela sua contabilidade, a rede de ação social tem mais de 16 milhões de membros. O site conta com histórias, blogs e distribuição para cobrir tópicos, deixando muito espaço para os usuários se posicionarem como especialistas e ajudarem a impulsionar sua empresa de saúde e fitness.

Gentlemint

Com todo o seu artesanato, citações e ideias para festas infantis, o Pinterest é conhecido por sua grande base de usuários femininos. Conheça sua contraparte masculina, Gentlemint. Os homens podem buscar e compartilhar o que lhes interessa, desde cervejas artesanais até futebol.

Veja também: Especialistas em tendências de marketing querem que você evite

Estas são apenas uma pequena amostra de sites de nicho. Não importa se sua empresa fabrica casas na árvore ou equipamentos de tênis, uma comunidade online especializada valorizará o que você tem a dizer (e vender).

Ao atingir um público-alvo mais direcionado e preparado para sua mensagem, você provavelmente desfrutará de conversões maiores de visitantes para clientes e de marketing boca a boca mais rápido entre um grupo com necessidades e interesses comuns.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Entrepreneur