Saiba o que é o Cadastro Único e como fazer o seu

ANÚNCIO

Se você chegou até aqui, é porque deseja saber o que é o Cadastro Único e como você pode fazer. Portanto, você está no lugar certo! Muitas pessoas possuem dificuldade de obter informações. Primeiro você tem que entender que CadÚnico e Cadastro Único são a mesma coisa. E esse Cadastro Único trás inúmeros benefícios, porém, antes vamos entender o que é.

O Cadastro Único é um sistema de benefício e seleção de programas sociais para aquelas pessoas que têm baixa renda. Os benefícios são em nível estadual e municipal, sendo coletadas informações e dados das famílias, a fim de controlar os recursos públicos para as pessoas que realmente precisam.

ANÚNCIO
cadastro único
Foto: (reprodução/internet)

A seguir, na continuação deste artigo, você vai ficar por dentro de todas as características que envolvem este sistema. Portanto, fique atento e não perca nenhuma informação. Acompanhe!

Como o banco de dados do CadÚnico funciona

O Cadastro Único foi criado pelo Governo Federal para identificar todo indivíduo e família de baixa renda que deve ser beneficiado com programas do governo. Entre esses programas, podemos exemplificar o Bolsa Família, os descontos na conta de luz, dentre muitos outros.

Essa pesquisa é feita através do número de pessoas que moram na mesma residência em correspondência à soma total dos salários existentes. A partir daí, é feita uma conta simples que conclui se o salário por pessoa é menor do que meio salário mínimo.

ANÚNCIO

Tenho direito?

Antes de tudo, você precisa entender que nem toda família tem direito ao Cadastro Único. A soma do salário de todos os membros deve ser somada e depois dividida pela mesma quantidade de membros. O resultado deve ser inferior à meio salário mínimo. Além disso, a soma de todos os salários não pode ultrapassar três salários mínimos.

Como fazer o Cadastro Único

Cada município se torna responsável pelas diretrizes necessárias para cadastrar os moradores no Cadastro Único e declarar os membros como baixa renda. Pode haver visita em domicílio ou apenas agendamento. Depende de como seu município decidiu lidar com o benefício, então o mais indicado é procurar a gestão do seu município para verificar como incluir a sua família.

Em primeira instância, a Secretária de Assistência Social deve ser procurada, pois o sistema do Cadastro Único é de responsabilidade deles. Procure também a existência do CRAAS no seu bairro, pois eles também possuem domínio sobre o programa.

Documentação necessária para o Cadastro Único

Você precisará comparecer ao CRAAS com os documentos exigidos pelo órgão. O indicado é você comparecer antes para verificar quais são, pois pode mudar de município para município.

Porém, os mais comuns são comprovante de residência (conta de luz, telefone, contrato de aluguel e fatura de cartão), carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, contra-cheque e, se tiver, certidão de casamento.

Leve a documentação de todas as pessoas que moram na casa, caso contrário será impossível conseguir o cadastro. Assim que finalizar, eles te darão um comprovante e é essencial que você pegue. Se você não recebeu, então o cadastro não foi concluído.

Benefícios do Cadastro Único

Os maiores benefícios do Cadastro Único são Bolsa Família, desconto na conta de luz, desconto em eventos culturais e cinemas, aposentadoria para pessoas de baixa renda, telefone popular, isenção de taxa em concursos públicos, ID Jovem e kit antena com conversor digital.

ANÚNCIO