Orientação prática para a criação de conteúdo envolvente

ANÚNCIO

Como comunicadores e profissionais de marketing, sabemos que um bom conteúdo não é suficiente. Conteúdo envolvente é o que realmente importa. Aqui estão algumas orientações práticas, com base nas práticas que considero mais eficazes, para ajudá-lo a criar conteúdo que seja atraente para o seu público.

Conheça o seu público

É marketing 101. Você precisa conhecer seu público e escrever o conteúdo de que ele mais precisa. Mais especificamente, é sobre saber como seu público se vê – não como você deseja vê-lo. Você precisa identificar seu público, entender no que ele está interessado, quais decisões eles tomam e com o que se preocupam. Não se preocupe com sua solução. Se você precisa enfiar a sua solução goela abaixo, então você tem o público errado.

ANÚNCIO

Descubra qual é o problema deles e se apaixone por isso. E quando você sabe o que os mantém acordados à noite, você tirou a sorte grande!

Fale a língua deles

Com um conhecimento sólido do que motiva seu público, você pode entregar o material que eles desejam. Mas não se trata apenas de ter as informações certas; é como você embala e entrega a eles. O seu público é técnico, científico e analítico ou sensível e compassivo? Você precisará de números, gráficos e evidências convincentes ou de uma história pessoal comovente? Entenda como eles gostam de ser comunicados e adote esse estilo e tom.

E não é apenas como você diz; as palavras reais que você usa também são importantes. Usar uma linguagem excessivamente técnica com um público de leigos pode fazer com que eles se sintam inadequados. Alternativamente, se você estiver usando uma linguagem excessivamente simplificada para explicar conceitos complexos para um público técnico, você é aquele que parecerá estar fora de sua liga.

ANÚNCIO

Você também deve entender a sopa de letrinhas de siglas.

Você está escrevendo apenas para pessoas em um único setor? Todos eles conhecem as siglas e você pode usá-los? Tão importante quanto, soletrar a sigla será mais estranho para seu público? Por exemplo, dirigir-se a um grupo de contadores e escrever “princípios contábeis geralmente aceitos” em vez de usar a sigla, ou dirigir-se aos desenvolvedores de medicamentos e escrever “Food and Drug Administration” em vez de usar o FDA, pode fazer você parecer um estranho.

Conte uma história

Ao falar a língua deles, seja autêntico. Não diga tudo a eles; use exemplos e anedotas para transmitir seus pontos de vista de maneira memorável. Lembre-se de que, mesmo no business-to-business (B2B), seu público ainda é formado por pessoas reais com emoções reais. Então, conte a história de sua marca, produto ou serviço com exemplos, anedotas e histórias que tocam nessas emoções.

Arquivos News | Página 463 de 466 | Jornal Contábil - Com você 24 horas por  dia
Foto: (Reprodução/Internet)

Ajude-os a sentir sua paixão e se conectar com eles. Se seus pontos de dor os preocupam, reconheça isso. Se o seu produto ou serviço vai ajudá-los a dormir melhor à noite, sabendo que o problema deles está sendo resolvido por causa da sua solução, vá além de deixá-los saber disso – ajude-os a sentir isso. Pinte um quadro de palavras que faça o leitor pensar: “Ah, eles entenderam!”

Veja também: crie uma imagem de marca que ressoe com seu público 

Ajude-os a encontrar você

Seus leitores não conseguirão formar uma opinião sobre seu artigo se nunca conseguirem encontrá-lo. Torne seu conteúdo detectável. Descubra onde eles estão no espaço digital e vá encontrá-los lá. Entenda quais canais sociais eles frequentam e poste neles.

More nos locais em que eles vivem – conecte-se em grupos no LinkedIn, interaja com eles em seus próprios feeds e torne-se altamente visível. Familiarize-se com periódicos e publicações relacionados (digital e impressos à moda antiga) e publique-os.

Se a sua mensagem é importante, não hesite em gastar para que seu conteúdo seja visto. Publicações e canais de mídia social têm uma variedade de opções de baixo custo para promover seu conteúdo e podem colocá-lo diante de uma ampla faixa de seu público-alvo.

Entenda onde seu público consumirá seu conteúdo para que você possa otimizar seu idioma. Se eles estiverem principalmente em seus computadores, você provavelmente conseguirá um pouco mais de comprimento. Se eles estão navegando principalmente em seus telefones, é melhor ser breve e direto ao ponto.

Obter um retorno positivo do investimento em seu conteúdo não é fácil, mas a fórmula pode ser. Comece conhecendo seu público – intimamente. Aprenda como eles falam e fale com eles em sua língua. Envolva-os em uma história para apelar às suas emoções.

Por fim, descubra onde eles estão para que você possa promover seu conteúdo em lugares onde eles já estão procurando. Quando você elimina a desordem de conteúdo e realmente se envolve com seu público, é muito mais provável que eles se envolvam com você.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Forbes

ANÚNCIO