Para o verdadeiro engajamento do funcionário, siga estas 6 etapas

ANÚNCIO

No século 21, as melhores empresas se definirão pela maneira como envolvem seus funcionários para produzir produtos e serviços mais inovadores.

O estilo de liderança de comando e controle será substituído por sistemas que exploram de forma inteligente a sabedoria coletiva de uma organização inteira. O problema: as pessoas dentro da organização precisam se preocupar o suficiente para realmente criar mudanças significativas.

ANÚNCIO

Infelizmente, o termo engajamento perdeu muito de seu significado e se tornou um chavão corporativo. O engajamento do funcionário significa o seguinte: a equipe está disposta a fazer um esforço extra discricionário, o tipo necessário para criar uma mudança positiva.

Os líderes da empresa precisam trazer o conceito de volta à vida e prestar atenção nele porque, de acordo com a pesquisa mundial da Gallup de 2011 a 2012, 87% dos trabalhadores “não estavam engajados” ou “ativamente desligados” no trabalho. Isso significa que a grande maioria dos trabalhadores não tinha uma conexão emocional com seus empregos.

E 24% são “ativamente desengajados”, o que significa que eram improdutivos e descontentes e podiam compartilhar sua negatividade com outros funcionários.

ANÚNCIO

Uma maneira de reviver o engajamento é parar de descaracterizá-lo. Vamos ser claros, o envolvimento do funcionário não é nenhum dos seguintes: Completando uma pesquisa: quantas empresas realizam uma pesquisa com funcionários uma vez por ano e chamam isso de estratégia de engajamento?

Participar de uma reunião: As reuniões são parte do problema. Outra reunião não vai reacender a paixão de alguém pelo trabalho. Nomeando um comitê: algo tão importante quanto fazer as pessoas se preocuparem com seu trabalho não deve ser delegado. Reconectar as pessoas ao seu trabalho requer uma mudança de cultura, emanando de cima.

Contratação de um consultor: se você está com pouco tempo e rico em dinheiro, opte por contratar um consultor, mas certifique-se de chegar à causa raiz do motivo pelo qual seu pessoal não se importa e tome as medidas (às vezes dolorosas) necessárias para resolver isso. Então, como você recriar a paixão que seus funcionários tinham no dia em que assinaram a carta de oferta?

1. Comunique uma missão convincente da empresa

O autor Simon Sinek colocou da melhor forma, comece explicando por quê. Descubra por que as pessoas deveriam se importar. Deixe isso absolutamente claro para todos os funcionários por meio de uma declaração de missão: “A empresa existe para [preencher o espaço em branco].”

2. Disparar líderes de comando e controle

Abandone os gerentes controladores ou dê a eles a oportunidade de mudar. Estamos em 2015. Sua empresa não pode tolerar gerentes que tratam seu bem mais valioso (seus funcionários) como crianças. Líderes verbalmente abusivos, raivosos e arrogantes rapidamente levam a uma equipe privada.

3. Valorize os funcionários acima de tudo

Você acredita que sua equipe é mais importante do que seu produto, clientes e receita? Se não, repense as coisas porque afinal: quem cria seus produtos, deixa seus clientes felizes e gera a receita da empresa? Sem essas pessoas, a estratégia da empresa é apenas palavras em uma página.

Influencers: The Modern Entrepreneur | National Geographic Society
Foto: (Reprodução/Internet)

4. Faça do trabalho uma experiência agradável

Abandone as regras do século XX. Meça a produção das pessoas (resultados tangíveis) e foque menos na entrada (horas trabalhadas). Deixe as pessoas trabalharem onde e quando quiserem (se possível). Permita que eles comprem equipamentos e softwares que facilitem seu trabalho, em vez de se apegar a políticas de TI antiquadas. Traga alegria para o local de trabalho.

5. Crie um produto que as pessoas queiram

Pense no último produto lançado por sua empresa e por que ele foi criado. Foi desenvolvido para renovar a linha de produtos ou por necessidade de competir com a empresa X? Em vez disso, faça produtos que os clientes realmente desejam.

Ver também: Quanto custam seus funcionários realmente?

6. Capture e selecione as melhores ideias da equipe

Observe o que acontece quando os membros da equipe sentem que podem ter um impacto tangível no trabalho. Peça aos funcionários que dêem sua opinião. Recompense-os por tornar a empresa melhor.

Investir para garantir que os funcionários se preocupem com seu trabalho é algo que toda empresa precisa fazer. Mas deixando o senso econômico de lado, os funcionários passam a maior parte de suas horas de vigília no trabalho. Os empreendedores não deveriam se esforçar para tornar essa experiência o mais positiva possível?

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Entrepreneur

ANÚNCIO