Shoppers – Nova tendência pode levar a abertura de negócios autônomos na pandemia

ANÚNCIO

Entender o termo Shoppers pode ajudar algumas pessoas a abrirem seus próprios negócios, mesmo no momento da pandemia. Sabe-se que, atualmente, o mundo todo está passando por uma crise no mercado e isso atrapalhou os empreendimentos de muitas pessoas.

De acordo com o site O Globo, durante todo esse período de pandemia o Brasil perdeu mais ou menos 716 mil empresas. Ou seja, muitas pessoas tiveram que abrir mão dos seus sonhos por não conseguirem manter as portas abertas.

ANÚNCIO

Então, tendo em vista tudo isso, uma nova tendência começou a proporcionar oportunidades para os empreendedores autônomos. Ao invés de começar a vender produtos pensando nos consumidores, começaram a olhar para os Shoppers.

Shoppers - Nova tendência pode levar a abertura de negócios autônomos na pandemia
Fonte: (Reprodução/internet)

O que são os Shoppers e qual será a diferença entre eles e o consumidor? Bom, continue neste artigo e entenda mais sobre esses assuntos. Veja, também, porque isso pode ajudar na abertura de novos negócios.

O que são os Shoppers

Os Shoppers são aquelas pessoas que se preocupam com a experiência de fazer a compra. A maior diferença entre eles e os consumidores é que nem sempre essa pessoa irá consumir seu produto diretamente.

ANÚNCIO

Parece uma ideia complicada? Bom, nada melhor do que um bom exemplo para que as coisas fiquem mais claras, certo? Imagine que um homem vai ao mercado com sua filha de apenas 5 anos e decide comprar cereais kids e um absorvente.

Com este exemplo é possível diferenciar bem, todos os produtos que o pai comprou não são para consumo próprio, então ele não pode ser considerado um consumidor neste caso, mas sim um Shopper.

Já a filha, que pediu para que ele comprasse o cereal por conta de um brinquedo que vinha junto ao alimento, e a sua esposa ou mãe, que usarão o absorvente, essas sim serão consideradas consumidoras nesta situação.

Como isso pode ajudar na abertura de empresa

Já ficou claro que o Shopper será a pessoa responsável por escolher o produto e comprá-lo, mesmo que não vá consumir. Voltando ao exemplo dado por aqui, se o pai não achasse que o produto que a filha estava pedindo valesse a pena, provavelmente não iria levar.

Então, observando esses fatores começaram a perceber que a atenção precisa está voltada para esse público. O consumidor não costuma se preocupar com a experiência de fazer uma compra, mas ele olha apenas a necessidade e vontade de ter aquele produto.

Acontece que, a maioria das pessoas que compram as coisas hoje são os Shoppers e não os consumidores. Ou seja, os empreendedores precisam pensar melhor em como investir mais na experiência que as pessoas terão ao comprar seus produtos.

Esse pensamento precisa envolver alguns momentos desde a criação da propaganda até o preço final, para assim conseguir atrair novos clientes.

As redes sociais podem ser bons instrumentos

Uma ótima ferramenta que começou a ser muito usada neste momento de pandemia foram as redes sociais. Elas podem ser ótimos instrumentos para conseguir ter um negócio totalmente autônomo voltado ao perfil do Shopper.

Se o empreendedor conseguir proporcionar uma boa experiência para os seus usuários certamente irá atrair Shoppers fiéis que irão comprar seus produtos. Além da boa experiência na compra é importante lembrar que este perfil também será mais exigente em relação ao custo benefício do produto.

Shoppers - Nova tendência pode levar a abertura de negócios autônomos na pandemia
Fonte: (Reprodução/internet)

Na imagem acima é possível entender um pouco mais sobre as grandes diferenças entre o consumidor e o Shopper. Espera-se que isso o ajude a entender ainda mais sobre como esse perfil pode ser uma excelente oportunidade de negócio.

ANÚNCIO