Startup japonesa inventa máscara que se conecta ao celular

ANÚNCIO

No Japão uma startup desenvolveu uma nova máscara inteligente. A empresa chama-se Donut Robotics e já estava envolvida em um projeto com um robô, então com a chegada do Covid-19 eles resolveram usar a tecnologia para outra coisa.

A máscara inteligente pode ser conectada a internet e conseguirá transcrever mensagens, amplificar a voz da pessoa que a estiver usando, traduzir até oito idiomas e ainda fazer chamadas telefônicas.

ANÚNCIO

A ideia é que esse objeto seja colocado por cima da máscara de proteção, já que a intenção dele não é proteger, mas sim trazer tecnologia e facilitar a vida das pessoas que estão o dia todo com esse novo acessório no rosto.

Startup japonesa inventa máscara que se conecta ao celular
Fonte: (Reprodução/internet)

Continue por aqui e entenda como essa nova tecnologia está funcionando.

Máscara que se conecta ao celular

O novo objeto foi feito de plástico e poderá se encaixar em cima da máscara de proteção. Junto a ele foi desenvolvido um aplicativo que irá conectá-lo aos smartphones ou tablets através do Bluetooth.

ANÚNCIO

Ou seja, quem estava com dificuldades de se comunicar por usar a máscara e ter a voz abafada ao falar no telefone com outras pessoas, ou até mesmo presencialmente, já terá o problema solucionado.

O chefe executivo da empresa que desenvolveu a máscara, Taisuke Ono, deu uma entrevista para o jornal Reuters onde comentou que eles já estavam desenvolvendo um robô com essa tecnologia, a um tempo, e que eles só resolveram adaptar a invenção.

“Trabalhamos duro por anos para desenvolver um robô e usamos essa tecnologia para criar um produto que desse uma resposta à maneira com a qual o coronavírus remodelou a sociedade”, disse Taisuke Ono.

Quando vai chegar ao mercado?

Espera-se que as primeiras 5 mil máscaras sejam entregues para clientes do Japão, no mês de setembro deste ano. No entanto, Ono afirmou que tem planos para ampliar essas vendas e entregar o produto na China, nos Estados Unidos e na Europa.

Esse projeto está sendo pensado, pois, de acordo com os desenvolvedores do produto, esses foram os lugares que se interessaram pelo material. Vale lembrar que hoje a máscara está custando em média US$ 40, que equivale a mais ou menos R$ 220.

ANÚNCIO