Inspire-se com as empresas que mesmo na crise estão em crescimento

ANÚNCIO

Na pandemia do novo Coronavírus, o mercado sofre com diversas dificuldades geradas pelas novas condições para o trabalho. Dentre elas estão o isolamento social e o grande desemprego em todo o mundo.

Foi necessário o confinamento para evitar a contaminação por meio de aglomerações, por consequência, as lojas físicas e empresas se encontram fechadas e, portanto acontece a quebra de estabelecimentos que não conseguem manter-se sem a produção de renda.

ANÚNCIO

Porém, mesmo que as empresas estão impedidas de manter o trabalho presencial, soluções são encontradas todos os dias ao redor do mundo para a adaptação desta nova realidade. E com elas, algumas empresas estão crescendo muito dentro de um cenário tão complicado.

Inspire-se com as empresas que mesmo na crise estão em crescimento
Fonte: Reprodução/Internet

Confira e se inspire nas 5 empresas que mais estão crescendo na pandemia do COVID-19.

5. Tencent

A Tencent é uma empresa gigante chinesa especializada em games. Segundo a Newzoo, empresa analista do mercado de jogos, a companhia é a maior no ramo de games do mundo, ultrapassando Actvision, Nintendo, Electronic Arts e Microsoft.

ANÚNCIO

Dona da Riot Games, a empresa é detentora de League of Legends, o jogo mais jogado no computador do mundo. Além disso, a gigante também tem o poder sob plataformas de vídeos, streaming de músicas e o WeChat.

A Tencent se apoiou nas quedas de valor do mercado, comprou a desenvolvedora da Noruega de jogos Funcom, e também entrou na desenvolvedora Yager.

4. Tesla

Fundada em 2003, a empresa de tecnologia Tesla, do CEO Elon Musk, trabalha com o intuito da reforma da energia convencional para a energia sustentável. A gigante visa na produção de carros de combustíveis fósseis para energia elétrica.

A companhia investe no mercado de carros mais rápidos e mais divertidos e de combustíveis limpos. A aposta atual foi do modelo S, que é considerado o melhor carro de todos na sua categoria.

Ademais, a firma é responsável pela produção destes modelos revolucionários, teve o valor de mercado durante a pandemia de R$ 567 milhões.

3. Apple

A companhia fundada por Steve Jobs e fabricante do iPhone, conquistou R$ 1,1 trilhão no valor de mercado no primeiro semestre de 2020. Foi necessário o trancamento das lojas físicas e mesmo assim o crescimento foi alto.

Por produzir aparelhos de extrema qualidade, a Apple conseguiu conquistar um grupo consumidor muito consolidado por oferecer aparelhos rápidos, seguros e de interface simplificada. Desta maneira, todos os novos lançamentos continuam sendo comprados.

Além de possuir uma loja virtual de design minimalista e compacto, a necessidade da atualização de aparelhos eletrônicos para a execução de atividades home office, promoveu o crescimento exponencial da empresa.

2. Microsoft

A Microsoft possui a ferramenta de videoconferência Teams, a qual está sendo muito utilizada para encontros virtuais empresariais e escolares. Deste modo, a empresa conquistou R$ 1,4 trilhão no valor de mercado.

Também, o videogame Xbox Live, nova aposta da companhia, foi muito utilizado pelos consumidores que estão em casa sem atividades da antiga rotina definida. Mais de 90 milhões de pessoas jogaram o novo modelo da Microsoft.

Houve ainda a mudança para a plataforma Azure no armazenamento na nuvem. Esta plataforma se tornou muito útil às empresas que se adequaram ao home office.

1. Amazon

A gigante corporação Amazon teve o valor de mercado aumentado na quantia de R$ 1,4 trilhão. A loja online veio se preparando para a demanda internacional pois era de posse norte-americana.

Investindo em crescimento para oferecer uma cobertura de vendas não apenas importada, a Amazon hoje possui estoque em diversos países para que não haja receio por meio do comprador de adquirir um produto.

Após o investimento e os grandes números de venda online, a companhia aposta no serviço Amazon Prime, que oferta streaming de filmes, séries e música, como também acesso à diversos livros online, frete grátis e promoções. Mais informações estão neste link. Por ter o preço baixo, a promoção uniu-se ao maior tempo de pessoas confinadas e vendeu como nunca antes.

ANÚNCIO