Para conquistar mais clientes em potencial, pare de vender e comece a namorar

O relacionamento entre o comprador e o vendedor é complicado por definição. Em um mundo perfeito, seria uma parceria saudável com linhas abertas de comunicação, honestidade e respeito mútuo. Mas não vivemos em um mundo perfeito.

A realidade é que, assim como o namoro, essas relações comerciais também podem ser repletas de dúvidas, mal-entendidos e até mesmo mau comportamento. Como vendedor, como você pode contornar essas armadilhas e cortejar com sucesso seu cliente?

Use uma camisa limpa

Isso é figurativamente. (Também literalmente. Use uma camisa limpa!) Cause uma boa primeira impressão, dando o seu melhor, quer a primeira impressão aconteça pessoalmente, por e-mail, pelo telefone ou mesmo no LinkedIn. Fale com clareza, seja pontual, cumpra suas promessas.

Não é ciência do foguete, mas a etiqueta básica é muitas vezes deixada de lado quando as apostas são altas. Não fique tão focado em fechar um negócio a ponto de esquecer o ser humano do outro lado da transação. Coloque as necessidades deles à frente das suas em todos os canais de comunicação.

O desespero fede

É a maneira mais rápida de enviar alguém correndo na direção oposta. Você precisa jogar com calma. Mostre algum interesse e dê um passo para trás, dando ao cliente potencial o espaço de que ele precisa para tomar uma decisão. Um pouco de distância mostra confiança. Se você está seguro de quem você é ou do que está vendendo, eles também podem estar.

Fácil. Por mais tentador que seja fechar o negócio o mais rápido possível, você não está apenas tentando marcar. Você está nisso por um longo tempo e isso significa cultivar o relacionamento com paciência. Conhecer você é um processo que leva algumas datas. Afinal, 53% da fidelidade do cliente é impulsionada pelo que acontece no processo de vendas.

Não seja chato. Você conhece aquelas datas que falam sobre si mesmas sem nunca perguntar sobre você? Não seja aquele cara.

Para conquistar mais clientes em potencial, pare de vender e comece a namorar
Foto: (Reprodução/Internet)

Para atingir seu objetivo, você precisa ouvir

Em vez de se autopromover, deixe-os falar. Não tagarele interminavelmente sobre a história de sua empresa ou sua liderança no mercado. Faça perguntas instigantes. Você terá uma visão melhor do seu cliente potencial e obterá informações valiosas para quando for a hora de começar a falar.

Jogue no campo, com cautela

Não quero fechar a porta para oportunidades em potencial, mas é importante ser seletivo. Você quer um ajuste verdadeiramente bom que possa ir a algum lugar.

O cliente potencial errado custará a você uma quantidade enorme de tempo e esforço que poderia ter sido direcionado ao cliente potencial certo. O fascínio do dinheirinho rápido é forte e às vezes funciona bem, mas pisa com leveza.

Saiba quando terminar

Às vezes, você apenas precisa cortar suas perdas. Se você deu o seu melhor e seu cliente em potencial não está a fim de você, é hora de ir embora. Embora você não tenha conseguido fazer funcionar desta vez, talvez você tenha uma segunda chance mais tarde. Sair nas melhores condições significa que você terá um bom boca a boca e talvez uma indicação que seja a sua combinação perfeita. É melhor despejar do que ser despejado.

Veja também: Como permanecer na frente de sua rede de referência

Dada a quantidade de opções no mercado atualmente, os clientes podem ser extraordinariamente inconstantes. Para ganhar outro encontro, os representantes de vendas devem trazer seu A-game a cada interação. Os representantes de vendas bem-sucedidos se concentram em construir relacionamentos, não em fechar transações pontuais.

Da próxima vez que você se encontrar em uma situação de vendas que vai para o lado, faça a si mesmo uma pergunta simples: Eu me comportaria assim em um encontro?

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Entrepreneur