Para ter sucesso, você precisa ser a rocha em uma tempestade

ANÚNCIO

Quem é você e qual é o seu negócio?

Meu nome é Claude Florent. Desde jovem dizia aos meus amigos que queria ter o meu próprio negócio. Eu queria o desafio de criar coisas que fizessem os clientes se sentirem bem.

Depois de trabalhar muitos anos com grandes corporações e tentar comprar pelo menos 25 empresas, finalmente comprei a Rainguard, que fabrica produtos químicos para a construção civil. Hoje, possuo cinco empresas que variam de tintas a paintballs e uma nova linha de produtos de cuidados automotivos.

ANÚNCIO

Qual foi o seu desafio mais difícil e como você o superou?

Pouco depois de comprar o Rainguard, recebi os papéis do divórcio. Isso simplesmente me esmagou e comecei a questionar tudo o que eu fazia. Alguns amigos me disseram para me dedicar ao meu negócio, mas o problema é que só fiz o que fiz pela minha família – estava perdido.

Quase perdi minha paixão por ter um negócio. Quase perdi meu negócio. Este foi o ponto mais baixo da minha vida. Não posso dizer que um dia olhei para cima e vi uma luz brilhante do céu.

Minha recuperação foi gradual. O que sei hoje é que tenho um desejo enorme de fazer os melhores produtos, fornecer a melhor experiência de compra e ter um ambiente excelente para os funcionários que estão trocando seu tempo para me ajudar a cumprir nossa missão. Tenho uma dívida de gratidão para com todas essas pessoas.

ANÚNCIO

O que a palavra “empresário” significa para você?

Pertenço ao grupo de treinamento e consultoria Vistage em Orange County, Califórnia, e os empresários que conheci são criativos, dispostos a aprender, humildes e, acima de tudo, nunca desistem de servir seus clientes. Esta experiência enraizou em mim o desejo e a paixão por aprender. Estou sempre procurando o que não vejo.

Qual é o problema que você acabou de resolver ou está atacando agora?

Nosso maior desafio sempre foi capturar valor nos mercados em que competimos. Portanto, nossa estratégia teve que mudar e começou este ano, patrocinando eventos de corrida IndyCar e NASCAR no Texas Motor Speedway. São empreendimentos enormes para grandes empresas.

Mas assumimos os desafios e riscos. Alguns de meus amigos pensaram que eu estava louco, disseram que a curva de aprendizado era muito grande, o fardo financeiro nos sobrecarregaria, etc.

Para ter sucesso, você precisa ser a rocha em uma tempestade
Foto: (Reprodução/Internet)

O que aprendi é a arte do alinhamento e a capacidade das pessoas de se apresentarem e enfrentarem desafios, um passo de cada vez. Aprendi a permitir que outros tomassem esta empresa e a tornassem algo maior do que meus sonhos.

Aprendi que, contanto que todos entendam o que precisa ser feito, simplesmente tenho que sair do caminho. Não me pergunto mais se conseguirei acompanhar as necessidades dessas empresas, apenas “pinto o alvo”, que resultou em um crescimento do negócio como nunca havia visto antes.

De que característica você mais depende ao tomar decisões e por que isso é útil para você?

Sou uma pessoa que adora colaborar com as pessoas. Isso pode envolver funcionários em todos os níveis, fornecedores, clientes, amigos e outros executivos de negócios, como meus colegas membros da Vistage. Acho que pedir aos outros os seus pensamentos e ideias é um resultado melhor. No início da minha carreira, eu tentaria pensar melhor na tarefa. Agora, acho muito mais agradável ver os outros crescerem e se apropriarem.

Veja também: 7 mentores que você nem sabia que tinha

Existe uma citação ou ditado específico que você usa como motivação pessoal?

No meu escritório, tenho uma foto da água batendo em uma rocha no oceano perto da minha casa. A água está espirrando em toda a rocha, mas ela não se move. O ditado na moldura diz: “Seja decidido enquanto os oceanos da vida o desafiam”.

Enquanto eu estava passando por um período difícil, meu mentor simplesmente disse: “Claude, seja a rocha”. Essas quatro palavras simples mudaram minha vida. Espero que os leitores da Entrepreneur se vejam como a rocha em seus negócios.

Traduzido e adaptado por equipe Autônomo Brasil

Fonte: Entrepreneur 

ANÚNCIO